domingo, 29 de agosto de 2010

Um duplo final feliz!



Num dia cinzento desses, abriu-se o sol na vida de dois dos "nossos filhos". Jack e Stéphanie finalmente encontraram a tão merecida e sonhada tranqüilidade do lar. Ambos foram escolhidos entre tantos outros que estão por aí, também à procura de um lar... Não pode ser coincidência né?! Pérola e Jack, Alaídes e Stéphanie, que este novo laço que hoje se formou faça dos dias de vocês sempre ensolarados em todas as estações!!! Felicidades!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Menos um "Filho do Laranjal" sem família...

Neste domingo (22-08-10), a nossa garotinha Kika teve a felicidade de encontrar e ser encontrada por uma amorosa família. Um pouco mais tarde, ela e sua nova irmãzinha voltaram para nos visitar. Já estavam passeando na praça, rolando na grama, tirando fotos e cheias de carícias uma com a outra... Existe alegria maior que esta??? Obrigada à vocês que abriram um espacinho em suas vidas pra nossa amada Kika... Felicidades!!!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Inúmeros motivos para se adotar um cão: (parte II)

“Pesquisas feitas nos EUA mostram que proprietários de animais de estimação têm pressão arterial e níveis de colesterol mais baixos do que de pessoas que não os têm. Os estudos também mostram que um animal de estimação pode propiciar uma melhor recuperação após ataques cardíacos, reduzindo as chances de morte em 3%. Uma possível razão para isso, sem contar o aumento em exercícios fí­sicos, é que acariciar um animal de estimação faz com que o cérebro produza endorfina - "hormônio da felicidade" - e que este "sentir-se bem" pode reduzir o ritmo cardíaco de uma pessoa.Também foi mostrado que possuir um animal de estimação reduz a depressão e o stress. Um estudo feito nos EUA em 1999 mostra que idosos que têm animais de estimação são menos propensos a sofrer de depressão do que aqueles que não os tem. Além disso, o nível de atividade dos que tinham animais era maior, qualquer que fosse o animal de estimação que tivessem. Um pesquisador americano descobriu que donos de cachorros vão ao médico 21% menos do que aqueles que não têm. Também foi mostrado que animais de estimação têm efeito sobre a suscetibilidade a algumas doenças e a recuperação de outras. É certo que animais de estimação têm grande influência na auto-estima e bem estar geral das pessoas. Animais de estimação são bons para a saúde da família toda - estudos feitos nos EUA mostraram que 70% das famílias pesquisadas relataram um aumento na diversão e felicidade na família após a aquisição de um animal de estimação. Animais de estimação também acrescentam propósito a vida, e cuidar de um animal de estimação providencia um foco para idosos e desempregados.”

“Cada vez mais escutamos que nossos bichos de estimação podem, além de serem nossos fiéis companheiros, ajudar no tratamento de diversas doenças, inclusive a depressão, mal que atinge sobretudo, as mulheres. Quando nos comprometemos a cuidar de um animal, temos a obrigação de alimentá-lo, de não lhe deixar faltar água, passear com ele e zelar por sua saúde. Essa responsabilidade faz com que nossa mente se ocupe e esqueçamos, por alguns momentos, de nossos problemas. Além disso, o amor incondicional que eles demonstram ter por nós, nos faz sentir importantes e queridos.”

“Um desses estudos, publicado na revista especializada Aids Care, dos Estados Unidos, mostrou que pacientes com Aids que possuíam um animal de estimação tinham menos chance de sofrer depressão do que aqueles que não possuíam bicho algum. Mesmo quem não tem nenhuma outra doença, mas sofre de depressão, pode se beneficiar com a companhia de um bicho. “Cuidar de um cachorro é uma ocupação”, explica a psicóloga e veterinária Hannelori Fuchs, de São Paulo. “Tem que dar banho, comida e sair para passear, o que favorece um contato social. Isso tudo ajuda a sair da apatia”, completa. Convívio - A prova de que os animais são benéficos à saúde está numa pesquisa encomendada por uma companhia de seguro australiana. Os empresários queriam saber se, de fato, os donos de cachorros tinham uma saúde melhor. Constatou-se que os pacientes que cuidavam de um cão gastavam 16% a menos de medicamentos e saíam dois dias antes dos hospitais do que doentes que não mantinham contato com bichos. Outro estudo, publicado no American Journal of Cardiology mostrou que o convívio com animais ajuda a controlar o stress, diminui a pressão arterial e reduz o risco de problemas cardiovasculares."

“Outro estudo estadunidense, publicado em 1995, concluiu que a posse de animais de estimação proporciona uma oportunidade de melhorar a saúde. Um bicho pode se tornar estímulo para fazer exercícios físicos, reduzir a ansiedade e proporcionar um foco externo de atenção. Animais de estimação são também uma fonte de contato e conforto físico e podem reduzir a solidão e a depressão, além de proporcionar um estilo de vida interessante.”

domingo, 15 de agosto de 2010

Resultado da feira??? Sempre positivo!!!


Hoje dois dos filhos do Laranjal tiveram a felicidade de ganhar, nada mais nada menos do que, uma família! Pessoas que acreditam no poder do amor incondicional, da fidelidade, da lealdade... Coisas que um cão sabe dar melhor do que ninguém!!! Agradecemos à vocês, Mariana, Cleuza e família por escolherem os "nossos filhos" e com este gesto diminuir o número de filhos do Laranjal órfãos. Desejamos do fundo do coração que vocês todos sejam imensamente felizes!!!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Um final feliz para Urso!!!

Olhando a carinha do Urso podemos imaginar a noite tranqüila de sono que ele teve... E o melhor, foi a primeira de muitas, pois agora ele tem a tranqüilidade de saber que ganhou abrigo seguro e uma linda família para amá-lo e cuidá-lo. Temos certeza que ele saberá agradecer e retribuir todo esse carinho com aquelas coisas que só o nosso melhor amigo, o cão, pode nos dar! Parabéns à Patrícia e família pelo novo integrante, vocês formam um belo "time"!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

ADOTE: Rosinha!

A Rosinha é mais uma filha do Laranjal que, como tantas outras, teve seus bebês nos esconderijos da beira da praia. Esta família teve a sorte de ser acolhida pelo grupo, os bebês estão sob cuidados (são os filhotes do post "a família não pára de crescer... ". Um deles, o Urso, até já tem seu novo lar!) à espera de adoção e a nossa querida Rosinha foi castrada e tratada, e como seus filhos, também precisa de um lar seguro e amoroso para viver sua vida tranqüilamente. Ela é de porte grande, castrada, vacinada, desverminada... Resumo da história, ela está prontinha para ser adotada e adotar uma família!!!

Inúmeros motivos para se adotar um cão: (parte I)

video

terça-feira, 3 de agosto de 2010

ADOTE: Hachi!

Agora é a vez dela... A Hachi já sofreu bastante durante sua prenhez cheia de privações (lembre da história no post do dia 17 de junho). E ainda assim soube esperar que seus filhinhos fossem devidamente encaminhados, pois uma boa mãe acompanha os filhos até o final. Agora é ela quem precisa de um "final feliz". Ela hoje está bem nutrida, desverminada, vacinada e tem castração garantida. Seu porte é médio/pequeno e ela é apaixonante! Quem se candidata a ter um final feliz junto com ela???